Você está em:

A UNISA / Institucional/Notícias
Notícias

    Diretivas Antecipadas foi tema de discussão para alunos do Curso de Medicina

    Em comemoração ao Dia do Médico, 18 de outubro, foi realizada no auditório do Campus I a palestra Diretivas Antecipadas de Vontade e Testamento Vital, que discutiu sobre quais condutas um paciente quer ou não receber no final da vida, bem como suas preferências, vontades e valores.

    Em Portugal, as diretivas foram legalizadas em 2002 e é um exercício do direito fundamental das pessoas, portanto, é uma conquista e um avanço civilizacional. É também uma ferramenta que ajuda os profissionais de maneira mais ética e mais condizente com as obrigações e aspirações da medicina do século XXI.

    “É respeitar a escolha da pessoa que está inconsciente e não pode ter sua voz ouvida”, declarou o professor catedrático da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, em Lisboa, e presidente da Associação Portuguesa de Bioética, Rui Nunes, em uma palestra virtual. Segundo ele, as diretivas permitem que todos ganhem: a sociedade, porque se evolui no sentido da democracia e da afirmação dos direitos humanos; os pacientes, por terem sua decisão respeitada e os profissionais, porque é uma maneira de terem mais consciência profissional.

    O professor Ernesto Lippmann, advogado e autor do livro “Testamento vital: Direito à Dignidade”, abordou sobre a importância de se respeitar a decisão do paciente. “A questão não é preservar a vida e sim, a qualidade de vida do paciente. Não se resolve o problema da morte, mas contribui para uma partida mais humanizada”, disse. 

    O testamento vital tem como conteúdo disposições de recusa e/ou aceitação de tratamentos que prolonguem a vida. Para isso, o paciente precisa nomear um procurador de cuidados de saúde, que pode ser qualquer pessoa a quem são atribuídos poderes de decisão sobre os cuidados de sua saúde.

    Lippmann informa que, no Brasil, menos de 10% dos hospitais tem uma equipe de cuidados paliativos e apenas 14% dos cursos universitários oferecem esta disciplina, que, em breve, será inserida no curso de Medicina na Unisa.

    Universidade Santo Amaro: 25/10/2018 16:19
    Compartilhar:
    • Facebook
    • Twitter
    • Linkedin