Você está em:

A UNISA / Institucional/Notícias
Notícias

    Empresas com responsabilidade social trazem ganhos pessoais e profissionais

    O profissional que trabalha em uma empresa atuante e promotora de ações de responsabilidade social tem a seu favor a possibilidade de atuar e desenvolver tarefas de cunho colaborativo, que podem refletir em ganhos pessoais e profissionais.

    Nos idos da década de 1980, empresas do mundo inteiro iniciaram ações para compensar os impactos sociais e ambientais que elas causavam, de forma a ressarcir à comunidade aquilo que dela se subtraía. Dessa forma, instituições passaram a plantar árvores para compensar ora o desmatamento legal ora a poluição que jogava na atmosfera.

    Estas ações foram ganhando, ao longo dos anos, corpo e também cobranças por parte da sociedade, que julgava justo esta recompensa. Hoje, há milhares de atividades dos mais variados segmentos que ocorrem nos quatro cantos do mundo.

    “Quando falamos de empregabilidade, falamos em manter ou adquirir a capacidade de conquistar um emprego. Por óbvio, aquelas habilidades denominadas ‘hard’, como os diplomas conquistados, por exemplo, são importantes. Entretanto, cada vez mais os profissionais devem buscar desenvolver as habilidades ‘soft’, ou seja, comportamentais. Engajar-se em ações sociais representa o fortalecimento de valores, caráter, consciência, aspectos emocionais e espirituais, essenciais para a empregabilidade”, comenta o professor da Universidade Santo Amaro – Unisa e mestre em Administração, Rodrigo Medice Cândido. “Além disso, em entrevistas de emprego, o recrutador tem como costume perguntar sobre a participação em atividades sociais”, complementa.

    Para o professor, o atual momento mundial, decorrente da pandemia provocada pelo novo coronavírus, tende a ser propício para reflexões sobre solidariedade e ajuda conjunta ao próximo e ao ambiente em que se vive. “O momento é oportuno para refletirmos sobre o engajamento de pessoas e empresas em ações sociais. A situação pela qual o país atravessa é um fator motivador, por si só, para o engajamento. A parcela da população brasileira que pratica algum tipo de ação social é baixa e, quanto maior a conscientização, maior tende a ser a participação”, pontua.

    Segundo dados da pesquisa Outras Formas de Trabalho, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), de 2017, 7,4 milhões de brasileiros, com mais de 14 anos, faziam algum tipo de trabalho voluntário, o que representava 4,4% da população na época. “Trabalhar em empresas socialmente responsáveis repercute positivamente em diversos aspectos na vida de um profissional, desde que haja o seu envolvimento. Fazer, mais do que falar. Obtém-se, então, um senso de responsabilidade, de comprometimento, lealdade, de reflexão. O mais importante, entretanto, é o senso de comunidade”, complementa Rodrigo Medice.

    Unisa se destaca

    Com mais de 500 mil atendimentos por ano, em diversas clínicas, a Universidade Santo Amaro se destaca com ações de cunho social. São realizadas periodicamente, por alunos e professores, atendimento nas áreas médica, odontológica, veterinária, psicológica, jurídica, estética e cosmética, entre outras. Saiba todas as ações de responsabilidade social da Unisa aqui.

    “A Unisa tem uma responsabilidade constante para com a comunidade a qual ela está inserida, é de extrema importância entender as necessidades e propor ações que sejam de utilidade pública. Garantir o desenvolvimento de valores humanos, éticos e sociais para combater a desigualdade torna a universidade corresponsável pelo desenvolvimento social, preocupada com as futuras gerações”, comenta a coordenadora de Extensão da universidade, profa. Lis Lakeis Bertan.

    A professora aponta também para a importância do avanço acadêmico por parte do aluno ao participar de eventos deste caráter. “As ações de Extensão e Responsabilidade Social proporcionam aos nossos alunos uma formação mais humanizada onde a vivência do aluno vai muito além das salas de aulas e laboratórios, proporcionando a parte prática do ensino realizado em sala de aula, além de praticar uma formação mais cidadã para os futuros profissionais”, pontua.

    Universidade Santo Amaro: 15/09/2020 14:05
    Compartilhar:
    • Facebook
    • Twitter
    • Linkedin