Você está em:

A UNISA / Institucional/Notícias
Notícias

    Mercado de trabalho para engenheiros ambientais estará em alta nos próximos anos

    Com a crescente preocupação em relação ao meio ambiente e as práticas para diminuir os danos ambientais, a profissão de engenheiro ambiental tem ganhado visibilidade e espaço no mercado de trabalho. Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), ações que envolvam a sustentabilidade têm potencial de gerar 24 milhões de empregos até 2030.

    A busca por consumir produtos sustentáveis e adquirir práticas que preservem o meio ambiente já é uma realidade global. Segundo uma pesquisa realizada em 2019 pela empresa de consultoria McKinsey, mais de 50% dos executivos já consideram a área de sustentabilidade essencial ao desenvolver estratégias, criar produtos e construir reputação da marca. Para isso precisam de profissionais capacitados para essas práticas.

    Confira três áreas de atuação para os engenheiros ambientais:

    Ecodesign: área da engenharia ambiental responsável por produzir desenhos industriais para projetar serviços, produtos e ambientes mais sustentáveis.

    Gerência de Relações Ecológicas: Área responsável em desenvolver processos de capacitação e orientação, tanto aos funcionários da empresa quanto ao meio ambiente em que a organização está inserida, visando práticas socioambientais.

    Geotecnia Ambiental: Área que envolve conhecimentos de engenharia ambiental para extração de recursos de maneira que não agrida o solo, a água e a biodiversidade local.

     

     

     

     

     

    Universidade Santo Amaro: 17/02/2020 11:03
    Compartilhar:
    • Facebook
    • Twitter
    • Linkedin