Você está em:

A UNISA / Institucional/Notícias
Notícias

    Novo emprego via home office: os desafios de profissionais recém-contratados

    A pandemia provocada pelo novo coronavírus mudou as relações trabalhistas, em especial por conta do home office. Agora, com as empresas contratando novos profissionais, mais um desafio se coloca para estes colaboradores: iniciar um trabalho novo, em uma empresa nova, porém de forma remota.

    As ações de integração presenciais, muitas vezes com tour pela empresa e treinamentos, foram substituídas por webconferências. O desafio, agora, está na forma como estes novos colaboradores poderão se adaptar rapidamente à cultura organizacional da empresa sem estar nela presencialmente.

    “O profissional que for contratado por uma empresa que adotou o home office, precisará, primeiro, conhecer a cultura do trabalho a distância e buscar rapidamente se entrosar com os novos colegas. Neste caso, as videoconferências ajudam bastante. Ainda que o assunto tratado não seja da área de atuação deste profissional, vale participar de todas as reuniões possíveis, pois o entrosamento ficará mais fácil e rápido, permitindo conhecer melhor a empresa e os novos colegas”, afirma a professora de Recursos Humanos da Universidade Santo Amaro – Unisa, Andrea Malanga, especialista em Carreiras.

    Segundo ela, é importante saber que o home office requer muita atenção. Para isso, atuar em um ambiente adequado e organizado ajuda o colaborador. Nas videoconferências, em que ele estará mais exposto, manter-se bem vestido é outro ponto positivo. A especialista sugere, ainda, testes de som e câmara, visando evitar gafes na hora da reunião.

    “Organizar e otimizar o tempo é fundamental. Para que isso aconteça de modo administrável a dica inicial é estabelecer onde ficará instalado o ambiente de trabalho. Dê preferência a locais longe de barulhos”, explica Andrea. O segundo passo é estabelecer a rotina de trabalho na agenda, com horários do despertar, das refeições, das atividades profissionais e dos momentos de lazer. “Nada de trocar as atividades e perder o ritmo. O profissional precisa estar preparado para ser chamado a qualquer momento de forma online, por isso a importância de estar em um ambiente e com roupas adequados”, afirma.

    Para se adaptar mais rapidamente à cultura organizacional da empresa, a professora Andrea diz que é importante acompanhar todos os comunicados que são enviados aos colaboradores. “Isso o fará entender melhor como funciona a estrutura da instituição, suas áreas e responsáveis. Fazer um networking com os novos colegas também favorece nesta imersão. Não se ausentar de nenhuma reunião, mesmo que o assunto não seja tão interessante, é outro ponto excelente para o entrosamento virtual”, complementa a especialista.

    Vale, ainda, navegar pelas páginas digitais da empresa, como sites público e internos, assim como levantar se a companhia mantém publicações com suas principais novidades e passar a integrar a lista de fãs das redes sociais.

    Universidade Santo Amaro: 24/06/2020 13:32
    Compartilhar:
    • Facebook
    • Twitter
    • Linkedin