Unisa

Saúde Materno Infantil - Mestrado

O curso de Pós-Graduação em Saúde Materno Infantil com característica multidisciplinar nasceu no ano de 1998, sendo em 2000 reconhecido pela CAPES

O seu corpo docente conta com profissionais de diversas áreas de Ciências da Saúde permitindo por meio das diversas linhas de pesquisa, abarcar vários temas pertinentes à Saúde Materno Infantil.

Objetivos:
Propiciar aos profissionais de saúde e outros envolvidos na área, contato qualificado com as mais variadas práticas e gestão em saúde.
Capacitar profissionais da área da saúde para o desenvolvimento de atividades de pesquisa, propiciando o exercício do magistério de ensino superior.

A quem se destina:
Profissionais da área da saúde e afins (medicina; enfermagem; nutrição; fisioterapia; ciências biológicas; psicologia; pedagogia; psicopedagogia; serviço social; educação física; biomedicina e odontologia).

Ingresso de alunos:
A inscrição para o processo seletivo será realizada somente via Internet, de 1 de outubro a 28 de dezembro de 2009. Para a inscrição, o candidato deverá preencher o formulário e efetuar o pagamento da taxa.

Ingresso de alunos em Regime Especial:
Poderá ser admitida a matrícula em disciplinas do Programa, na qualidade de aluno em Regime Especial, o candidato que tenha interesse em disciplinas oferecidas pela Pós-Graduação, mesmo que não tenha por objetivo cursar o Mestrado.

A condição de aluno em Regime Especial é admitida para dois semestres letivos. O aluno poderá cursar até duas disciplinas, por semestre, desde que haja disponibilidade de vaga na disciplina pleiteada. O aluno em Regime Especial cursará a disciplina, porém, deverá fazer o processo seletivo para o mestrado; sendo aprovado, os créditos pertinentes às disciplinas cursadas serão aproveitados e será descontado do valor total do curso o montante pago por disciplina.

Corpo Docente
Apresentação do Corpo Docente.

Disciplina
Metodologia da Pesquisa I
Ciência e conhecimento científico. O papel e a importância do desenvolvimento da Ciência, sua relação com a tecnologia e suas implicações sociais. Relações entre a epistemologia e o pensamento lógico exigido na pesquisa científica. Tipos de pesquisas científicas. Planejamento Estatístico e Estatística Descritiva.
Metodologia da Pesquisa II
Instrumentalização para leitura analítica, resumo e resenha de textos científicos. Planejamento e execução de projetos e trabalhos científicos. A redação científica. Preparação para qualificação e defesa da dissertação
Visão Multidisciplinar da contraconcepção, Pré-Natal, Parto e Puerpério
Estudo dos métodos contraceptivos; do pré-natal, do parto e puerpério com ênfase no serviço público vigente e análise crítica de artigos científicos nacionais e internacionais.
Epidemiologia Geral
Principais conceitos, métodos e técnicas usados em Epidemiologia. A contribuição da Epidemiologia na prevenção de doenças; na promoção de saúde da população; no desenvolvimento de políticas e de critérios de boa prática clínica e na avaliação da efetividade dos cuidados em saúde.
Epidemiologia do Envelhecimento
a transição demográfica com temas para a promoção de saúde, com vistas ao um envelhecimento saudável e ativo. Estuda temas que visam o enfrentamento social do envelhecimento da população e suas conseqüências sobre o processo saúde doença. Apresenta uma visão multidisciplinar deste enfrentamento, enfatizando a adoção desde a infância de estilo de vida saudável , como fator de proteção para prevenção de doenças crônico degenerativas,com vistas à envelhecimento saudável.Mostra a aplicação da epidemiologia para identificação de condições de vida, fatores de risco e determinantes do processo saúde–doença.
Bioética e Ética em Saúde
Introdução ao estudo da Bioética; a aplicação da Bioética na pesquisa em Saúde e a relação com a prática profissional; a relação paciente/profissional em Saúde; a Resolução 196/96 e demais Resoluções do Conselho Nacional de Saúde; Criação do neologismo “bioética” por Van Rensselaer Potter até os principais eventos e fatos que marcaram o surgimento acadêmico da bioética; Bioética: a preocupação em refletir sobre que consequências as ações de saúde têm sobre aqueles que estão sujeitos a elas; Comunidade bioética nacional e internacional; Comissão Nacional de Ética em Pesquisa – CONEP; Ética Empresarial: conceito e práticas; Responsabilidade profissional em Saúde; responsabilidade civil e criminal; o erro profissional; responsabilidade de meio e responsabilidade de resultado; danos materiais e morais; indenização; O Código de Ética Profissional e suas aplicações.
Informática em Saúde
Análise e criação de banco de dados para pesquisas. Avaliação crítica da literatura e análise e interpretação de programas (softwares) específicos da área de saúde.
Bioestatística
A inferência estatística com ênfase nos tipos de risco de erro ocorrido na análise de experimentos. Distribuições probabilísticas mais usadas em análises envolvendo variáveis qualitativas ou quantitativas discretas e contínuas.
Atividade Física: Saúde e Modelo Social Ecológico
Discussão, reflexão e análise crítica da promoção de saúde tendo como perspectiva o modelo social ecológico na medida em que o conceito de atividade física se amplia nas causas e conseqüências das ações realizadas pelo sujeito neste contexto.
Gestação e Saúde na Adolescência
As transformações físicas e psicológicas na adolescência feminina e os aspectos relacionados ao bem estar psíquico. Abordagem crítica sobre sexualidade, contracepção, gravidez e doenças sexualmente transmissíveis
Nutrição em Saúde
A realidade social da nutrição infantil e os indicadores mais adequados de avaliação nutricional. Problemas prioritários e grupos vulneráveis. Magnitude, gravidade e distribuição dos problemas nutricionais e as principais conseqüências sociais e biológicas dos distúrbios nutricionais. Principais endemias nutricionais. Metodologia de avaliação nutricional da população e características do consumo alimentar no país. Desnutrição protéico-calórica, anemias e carências nutricionais. Obesidade e transição nutricional. Programas e políticas de alimentação e nutrição.
Didática Especial
Pressupostos e características da Didática. A sala de aula: sentido e dinâmica. Movimentos de renovação pedagógica; concepções de ensino-aprendizagem e a relação objetivo/conteúdo/método. O plano de ensino. As abordagens teóricas sobre didática das ciências experimentais e suas aplicações no ensino. A organização das atividades e os processos de avaliação.
Estatística Não Paramétrica
Tratamento de informações qualitativas ou numéricas usualmente coletadas em experimentos do campo biológico e testes não paramétricos mais utilizados nos diferentes tipos de pesquisas da área médica.
Gestão em Saúde
Conceitos de administração em saúde e em serviços de saúde. Aspectos da conjuntura da gestão em saúde no Brasil e tendências internacionais. Compreensão da atividade gerencial no setor público e/ou privado.
Saúde Perinatal
Análise dos conceitos relativos ao período perinatal. Estudo da estrutura da mortalidade perinatal. Relações entre mortalidade perinatal, materna e infantil. As principais questões da organização de serviços de atenção à gestante, ao concepto e ao recém-nascido. O impacto do progresso tecnológico na gênese e na solução dos problemas da Saúde Perinatal. A crítica às propostas de intervenção na Saúde Perinatal.

Para a conclusão do Mestrado o aluno deve cumprir:
  • 30 créditos em disciplinas obrigatórias
  • 10 créditos em disciplinas eletivas
  • 20 créditos da tese

Número de vagas:
12 vagas

Taxa de inscrição:
R$ 25,00 (vinte e cinco reais)
OBS.: Não haverá devolução por desistência do candidato.

Valor do investimento:
24 parcelas de R$ 1.050,00, reajustável a partir da 13ª parcela.

Local de realização:
Campus I - R. Prof. Enéas de Siqueira Neto, 340 - Jd. das Imbuias, São Paulo-SP.

Dia e horário:
*2ª e 3ª-feira - Período Matutino (8h às 12h)- Semanal
*Poderão ser ofertadas disciplinas em outros dias da semana, obedecendo cronograma do curso.

Documentos para seleção:
Formulário da inscrição;
Pré-projeto;
Documentos pessoais (Cédula de Identidade com foto e CPF);
Diploma do curso de graduação ou certificado de conclusão;
Histórico escolar da graduação;
Currículo (não é necessário anexar documentos);
01 foto 3x4.

*Os candidatos deverão entregar pessoalmente ou enviar os documentos para Secretaria de Pós-Graduação do Campus I - Rua Prof. Enéas de Siqueira Neto, 340. Jd. das Imbuias, São Paulo-SP. CEP 04829-300.

Diversas áreas
Fale Conosco

© Copyright 2009 :: Todos os direitos reservados :: Web Design por Unisa